• Matheus P. Oliveira

Acusado de assédio sexual, John Lasseter se afastará da Pixar até 2018


John Lasseter, o criador da Pixar, anunciou que se afastará do trabalho até 2018. Em um comunicado, ele explica que seus comportamentos deixaram funcionárias desconfortáveis, e ao que tudo indica, esse momento de afastamento lhe servirá como um período para reflexões em decorrência de suas atitudes.

Em uma reportagem ao THR, Lasseter é acusado de beijar, apalpar e fazer comentários sobre a aparência de funcionárias da empresa. O artigo também relata que em uma ocasião, Lasseter passou a mão nas pernas de uma executiva que estava sentada ao seu lado em uma reunião.

Por enquanto, a Disney não se manifestou. Lasseter talvez volte a trabalhar daqui seis meses.