• Matheus P. Oliveira

Dica do Dia | Encurralado (1971)


Originalmente produzido para a televisão, Encurralado é um dos primeiros filmes da carreira de Steven Spielberg, e foi feito apenas em 13 dias. Nessa época, mais especificamente em 1971, o nome de Spielberg não tinha o prestígio que tem hoje, mas se tinha, pelo menos, um vislumbre do que ele traria para o cinema nos anos posteriores.

Brilhantemente filmado por Jack A. Marta e escrito por Richard Matheson, Encurralado é uma meticulosa obra de suspense, quase à maneira de Hitchcock, capaz de manipular a percepção do espectador, que representa, de forma intencional, a percepção do próprio protagonista David Mann (em algumas cenas, o espectador literalmente enxerga através dos olhos do protagonista). A história do filme é bem simples, sem muitos artifícios, porque trata basicamente de uma feroz perseguição entre um automóvel, conduzido por David, e um caminhão, cujo condutor é anônimo (que nunca é apresentado, criando assim uma certa aura sinistra sobre o caminhão, como se ele tivesse vida própria), do primeiro ao último minuto. Todo o conflito do longa se passa no interior dos Estados Unidos, fator que torna a perseguição mais isolada e, por isso, mais eletrizante e agoniante.

A direção de Spielberg, sempre precisa e primorosa, é nesse filme bastante intuitiva para sugerir o conflito e o senso de paranoia, elementos quase onipresentes. No entanto, não é uma grande obra, mas sim um razoável entretenimento, que antecipa o que seria aprimorado em filmes futuros como Louca Escapada e Prenda-me Se For Capaz, que também tratam do mesmo tema. Aos entusiastas de perseguições e asfaltos quentes, e aos que querem uma introdução à filmografia de Steven Spielberg, é fundamental que se assista a Encurralado.

Encurralado (Duel - EUA, 1971). Direção: Steven Spielberg. Roteiro: Richard Matheson. Elenco: Dennis Weaver, Jacqueline Scott, Eddie Firestone e Lou Frizzell. Duração: 90 minutos.

#Duel #StevenSpielberg