• Matheus Oliveira

Apostas para o Critics' Choice Awards 2022

A premiação, que é considerada um dos grandes termômetros do Oscar, anuncia amanhã (13) seus indicados nas categorias de Cinema.



 

Amanhã, a partir das 14h (horário de Brasília), serão anunciados os indicados a 27ª edição do Critics Choice Awards, prêmio dado pelos membros votantes da Critics Choice Association. Aqui estão nossas apostas nas principais categorias:




MELHOR FILME


1. Ataque dos Cães (The Power of the Dog)

2. Licorice Pizza

3. Amor, Sublime Amor (West Side Story)

4. Belfast

5. Duna

6. King Richard

7. Tick, Tick… BOOM!

8. Não Olhe Para Cima (Don’t Look Up)

9. CODA

10. O Beco do Pesadelo (Nightmare Alley)


Ataque dos Cães, de Jane Campion, segue disparado como o favorito da crítica com o maior número de prêmios nas associações regionais até o momento. Licorice Pizza, West Side Story, Belfast, Duna e King Richard estão em posições sólidas na corrida devido a uma boa união entre grandes nomes envolvidos, buzz razoável e reviews sólidas. Os últimos quatro lugares da categoria já estão mais abertos a surpresas. Todos estes quatro filmes foram eleitos como melhores do ano nas listas tanto da National Board of Review quanto do American Film Institute, mas o buzz mínimo comparado aos filmes anteriormente mencionados pode prejudicar. Além disso, a falta de nomes de peso em filmes como Tick, Tick… BOOM! e CODA e de reviews abaixo do esperado para Don’t Look Up e Nightmare Alley podem pesar para possíveis omissões. Outras possibilidades: C’mon C’mon, Cyrano, Identidade (Passing), A Filha Perdida (The Lost Daughter), The Tragedy of Macbeth e Spencer.




MELHOR DIREÇÃO


1. Jane Campion, Ataque dos Cães

2. Paul Thomas Anderson, Licorice Pizza

3. Steven Spielberg, Amor, Sublime Amor

4. Denis Villeneuve, Duna

5. Guillermo Del Toro, O Beco do Pesadelo

6. Kenneth Branagh, Belfast


Parece haver um consenso geral entre quem acompanha a temporada de premiações que os primeiros quatro diretores mencionados são quase certezas para indicação tanto aqui no Critics quanto no Oscar. Todos são nomes veteranos que retornam com filmes que supriram expectativas, logo não há por que imaginar que qualquer um desses serão esnobados. O Beco do Pesadelo, apesar de ser dirigido por Guillermo Del Toro, cujo filme anterior venceu quatro oscars incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor, decepcionou com avaliações medianas e de pouco entusiasmo, mas que ainda são relativamente favoráveis e por isso não tem como descartar o diretor como possibilidade. Belfast é quase uma certeza que será indicado em diversas categorias, mas o trabalho na direção de Kenneth Branagh não impressionou muitos. Todavia, a paixão pelo filme em si pode ser o suficiente para garantir a vaga do veterano aqui, assim como foi para Aaron Sorkin pelo filme Os 7 de Chicago; e assim como Sorkin, Branagh também pode acabar sendo esnobado no Oscar em favor uma escolha mais audaz e inspirada como, talvez, Ryusuke Hamaguchi do filme Drive My Car.




MELHOR ATRIZ


1. Kristen Stewart, Spencer

2. Lady Gaga, Casa Gucci

3. Olivia Colman, A Filha Perdida

4. Jessica Chastain, Os Olhos de Tammy Faye

5. Alana Haim, Licorice Pizza

6. Nicole Kidman, Being the Ricardos


Possivelmente um dos anos mais competitivos nessa categoria. Há de crer que há um sólido Top 4 aqui: Kristen Stewart é a favorita da crítica e lidera os prêmios nos regionais; Gaga venceu o regional mais importante até agora, o NYFCC; Colman tem reviews que consideram sua performance em A Filha Perdida como a melhor da sua carreira, além do filme em si ter sido elogiado e Maggie Gyllenhaal já ter vencido alguns prêmios pelo seu debute na direção; Chastain retorna com um papel grande e chamativo que conquistou os críticos — a atriz já venceu um regional dado pelos críticos da cidade de Detroit, apesar das notas baixas dadas pela crítica para o filme em si. Os próximos lugares da categoria são a definição de “tanto faz”. Alana Haim em Licorice Pizza tem a desvantagem de ser uma performance estreante, mas a vantagem de estar em um dos filmes mais bem avaliados do ano. Nicole Kidman recebeu críticas desfavoráveis por sua performance e o filme foi extremamente mal avaliado pela crítica americana na última semana, mas o “baity” da performance, o nome da atriz e a personagem a qual interpreta pode ser o suficiente para garantir a australiana um lugar na corrida. Penélope Cruz venceu o Volpi Cup no Festival de Veneza contra Kristen Stewart e Olivia Colman, mas Mães Paralelas não parece ter a popularidade que o filme predecessor do diretor Pedro Almodóvar Dor e Glória teve. Rachel Zegler já venceu o National Board of Review de Melhor Atriz, recebeu aclamação de toda a crítica por sua performance "revelatória" e está em um filme elogiado aos extremos de um dos maiores diretores do cinema. Deixo-a de fora no momento, mas suas chances aqui também são grandes. Outras possibilidades: Jennifer Hudson de Respect, Frances McDormand de The Tragedy of Macbeth, Emilia Jones de CODA, Renate Reinsve de The Worst Person in the World e Tessa Thompson de Identidade.




MELHOR ATOR


1. Will Smith, King Richard

2. Benedict Cumberbatch, Ataque dos Cães

3. Andrew Garfield, Tick, Tick… BOOM!

4. Denzel Washington, The Tragedy of Macbeth

5. Peter Dinklage, Cyrano

6. Leonardo DiCaprio, Não Olhe Para Cima


Parece que, depois de duas indicações posteriores por Ali e À Procura da Felicidade, Will Smith adicionará ao seu currículo um oscar e o Critics Choice não deixará de indicá-lo em meio a tamanha narrativa. Benedict Cumberbatch dispara com a maior quantidade de prêmios da crítica e Andrew Garfield segue sólido com um também grande número de indicações. The Tragedy of Macbeth não possui o mesmo calor que tinha há alguns meses, mas o nome forte de Denzel pode consolidá-lo como concorrente na categoria de Melhor Ator, mesmo que não tenha chances reais de vencer. Peter Dinklage caminha em sua carreira pós-Game of Thrones no aclamado papel de Cyrano de Bergerac, um papel que já fora indicado pela Academia duas vezes no passado. O último lugar parece o mais incerto, pelo fato de também apostar em Não Olhe Para Cima na categoria de Melhor Filme faz todo o sentido também apostar na atuação que foi a mais aclamada do mesmo filme, certo? Outras possibilidades: Bradley Cooper de O Beco do Pesadelo, Joaquin Phoenix de C’mon C’mon, Simon Rex de Red Rocket, Nicolas Cage de Pig e Javier Bardem de Being the Ricardos.




MELHOR ATRIZ COADJUVANTE


1. Ariana DeBose, Amor, Sublime Amor

2. Aunjanue Ellis, King Richard

3. Kirsten Dunst, Ataque dos Cães

4. Caitriona Balfe, Belfast

5. Ruth Negga, Passing

6. Ann Dowd, Mass


Depois de uma sequência de meses em que tudo nessa categoria demonstrava incerteza, parece que a categoria agora mostra mais solidez. Ariana, Aunjanue, Kirsten e Caitriona foram aclamadas pela crítica e estão em filmes fortes que muito provavelmente serão indicados em múltiplas outras categorias. Ruth Negga recebeu reviews extremamente positivas desde que seu filme estreou no festival de Sundance no começo do ano, mas o filme não causou o impacto que era esperado e não conquistou um grande público mesmo estando no catálogo da Netflix. Entretanto, há de se crer que pelo menos a crítica especializada tenha assistido ao filme e não deixarão de indicar Ruth. Quem está no último lugar dessas apostas foi por muito tempo a frontrunner dessa categoria. Mas não é exagero dizer que hoje Ann Dowd é uma aposta arriscada. Ela tem o “quê” de atriz veterana que brilha no cinema depois de anos de performances menores. Mas, diferentemente de performances como a de Allison Janney em Eu, Tonya e Regina King em Se a Rua Beale Falasse, seu filme é muito pequeno: o box office do filme ficou na casa dos 145 mil dólares; seria eufemismo até chamar de apenas preocupante. Além disso, a atriz Martha Plimpton do mesmo filme que recebeu críticas tão positivas quanto a de Ann também foi posicionada na categoria de coadjuvante, a possibilidade de divisão de votos é considerável. Por fim, Bleecker Street, a distribuidora do filme não possui o mesmo poder de campanha que distribuidoras como a Warner, a Disney e a Netflix possuem, tornando essa aposta extremamente arriscada, mas acho que o fato da categoria estar aberta o suficiente e do filme ter enviado screeners para a crítica pode favorecer Ann Dowd aqui, mesmo que, no fim, ela não possua reais possibilidades de uma indicação ao Oscar. Outras possibilidades: Marlee Matlin de CODA, Rita Moreno de Amor, Sublime Amor, Martha Plimpton de Mass, Meryl Streep de Não Olhe Para Cima, Cate Blanchett de O Beco do Pesadelo, Jessie Buckley de A Filha Perdida, Kathryn Hunter de The Tragedy of Macbeth e Rebecca Ferguson de Duna.




MELHOR ATOR COADJUVANTE


1. Kodi Smit-McPhee, Ataque dos Cães

2. Ciarán Hinds, Belfast

3. Troy Kotsur, CODA

4. Robin de Jesús, Tick… Tick… BOOM!

5. Jon Bernthal, King Richard

6. Mike Faist, Amor, Sublime Amor


A categoria mais incerta do ano. Smit-McPhee e Hinds se destacam por estarem em filmes fortes e com papéis marcantes. CODA teve uma ressurgência nas últimas semanas com indicações em várias associações de críticos, apesar de seu lançamento cedo no serviço da Apple TV+ e Troy Kotsur destaca-se por ter vencido o Gotham Award. Robin, Jon e Mike são apostas de não muita confiança, mas há de se acreditar que as aclamações recebidas individualmente por cada um desses atores seja o suficiente para uma indicação aqui. Outras possibilidades (nesse caso essa seção se torna ainda mais importante, pois essa categoria está extremamente incerta): Jared Leto de Casa Gucci, Jamie Dornan de Belfast, Bradley Cooper de Licorice Pizza, Richard Jenkins de The Humans, David Alvarez de Amor, Sublime Amor, J.K. Simmons de Being the Ricardos, Jesse Plemons de Ataque dos Cães, Jason Isaacs de Mass e Ben Affleck de The Tender Bar.




MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

1. Licorice Pizza

2. Belfast

3. King Richard

4. Não Olhe Para Cima

5. C’mon C’mon

6. The French Dispatch




MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

1. Ataque dos Cães

2. A Filha Perdida

3. CODA

4. The Tragedy of Macbeth

5. Amor, Sublime Amor

6. Passing




MELHOR FILME INTERNACIONAL

1. The Worst Person in the World

2. A Hero

3. Drive My Car

4. Flee

5. Titane

6. Mães Paralelas




MELHOR ANIMAÇÃO

1. A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas

2. Luca

3. Encanto

4. Flee

5. Raya e Último Dragão

6. Viagem ao Topo da Terra (The Summit of the Gods)




MELHOR ELENCO

1. Belfast

2. Amor, Sublime Amor

3. Vingança e Castigo (The Harder They Fall)

4. Ataque dos Cães

5. Não Olhe Para Cima

6. Licorice Pizza


 

Sobre o autor:


Gabriel Paiva. 16 de Abril de 2002. Estudante de Psicologia e apaixonado por Cinema e Televisão. Entusiasta de premiações, desde os menores sindicatos até os maiores prêmios da indústria.